Do you speak English? | Parlais vous Français?

Quando pensamos que temos tudo ...... O enxoval!!!!!!!!!!

Quando pensamos que temos tudo a correr sobre rodas, eis que nos chegam listas intermináveis de coisas que são necessárias para dar as boas vindas a um bebé. Aqui ficam algumas preciosidades que nos faltam:

Roupas:
So para mais de 3 meses
- babetes (os de apertar com velcro são mais práticos) - não temos nenhuma

Brinquedos/Passeio/lazer:
- serão bem vindos os de madeira (ep. cavalinho de baloiço em madeira)
- Livros/ CD's, DVD's mesmo que em segunda mão
-Pano porta bebé (para o pai)

Para a mamã:
- Compressas térmicas para o peito (por ex:Bebé Confort, servem para colocar quentes quando se der a subida do leite, para ajudar a desobstruir, ou a frio no peito dorido ou inflamado)
- discos de gel para mamilos gretados (aquamed)
- Betadine espuma (frasco encarnado) e/ou Saugella attiva (verde e branco)para a higiene da episiotomia
- uma compressa de gel em forma de penso que se pode usar a frio para aliviar as dores dos pontos
- Activador Firmeza Corpo - pós-parto da Mustela (em comprimidos - compatível com a amamentação)
- discos de amamentação reutilizáveis
- creme de rosto anti-manchas

Da Ervanária:
- Creme de Rescue Remedy Florais de Bach
- Florais de Bach - Walnut: para utilizar como compressa para pequenas lesões como aquelas depois do parto (Episiotomia, rompimento de tecidos, ou cicatrizes de cesariana)
- Calêndula em tintura
- creme mamilos (lansinolt natural não precisa de lavar antes de dar de mamar e Purelan)
- Suplemento alimentar de Ferro "iron Vital F" vende-se em ervanárias e já experimentei, não provoca prisão de ventre
- óleo de germem de trigo
- óleo de linhaça

Chás:
  • funcho
  • chá de amamentação (se for biológico)
  • framboesa e de folha de framboeseira
  • chá 3 anos

Óleos essencais de (só os 100% naturais):
  • Tea-Tree/ árvore do chá
  • Lavanda
  • Salvia sclarea
  • geranium
  • jasmim
  • rosa
  • Nardostachy
  • 3 gotas de O.S. de verbena limão
  • limão
  • rosmaninho

Compas on-line (para quem não se quer deslocar e ainda assim fazer boas compras e também para quem quer contribuir para um mundo mais sustentável mesmo estando a fazer compras :) Compras on-line poluem menos!!!)

Feitoria: O melhor de Portugal
  • Vaselina Couto - http://www.feitoria.com.pt/catalogo/detalhes_produto.php?id=1377Pasta dentífrica couto - http://www.feitoria.com.pt/catalogo/detalhes_produto.php?id=1378
  • Andorinhas - http://www.feitoria.com.pt/catalogo/detalhes_produto.php?id=145
Centro Vegetariano:
  • Sal para banho - Sal marinho enriquecido com plantas aromáticas - http://www.centrovegetariano.org/loja/Cat-22-Cosm%25E9ticos.html
  • Toalhitas para bebé Natracare - Em algodão biológico - http://www.centrovegetariano.org/loja/Cat-64-Beb%25E9%2Be%2BCrian%25E7a.html
  • Detergente para máquina de lavar louça Clear Spring 1L - http://www.centrovegetariano.org/loja/Cat-24-Detergentes.html

Granja Produtos Naturais:
  • Detergente para Chão à base de óleo de Linhaça - http://www.granja57.com/index.php?main_page=product_info&cPath=396_400&products_id=1023
  • Ecover lava tudo - http://www.granja57.com/index.php?main_page=index&cPath=396_401
  • Ecover pastilhas para a máquina de lavar loiça - http://www.granja57.com/index.php?main_page=product_info&cPath=396_398&products_id=1024

Essencia do Mundo:
  • Fraldas reutilizáveis + capas - http://www.essenciadomundo.com/store/index.php?pag=produtos&cPath=114&anterior=96
  • Linguetas e papel absorvente para fraldas - http://www.essenciadomundo.com/store/index.php?pag=produtos&cPath=116&anterior=96

EcoBebés:
  • Fraldas eco-descartáveis - http://ignatz.alojamentos7.com/ecolojav3/index.php?act=viewCat&catId=3
  • Molas para fraldas de pano - http://ignatz.alojamentos7.com/ecolojav3/index.php?act=viewCat&catId=6

Naturkinda:
  • Almofada de amamentação + discos de amamentação + chá de amamentação - http://naturkinda.com/loja/index.php/cPath/43?osCsid=70da9e436be70c29f69118e84675bdd8
  • Banheira shantala + termómetro bebé para testa - http://naturkinda.com/loja/index.php/cPath/48
  • Babylegs - http://naturkinda.com/loja/index.php/cPath/52
  • Fralda de treino - http://naturkinda.com/loja/product_info.php/cPath/24/products_id/49
  • Fralda de natação - http://naturkinda.com/loja/index.php/cPath/59
  • Capa de fralda de lã tricotada - http://naturkinda.com/loja/product_info.php/cPath/34/products_id/366
Pano Porta bebé: http://www.panoportabebe.blogspot.com/


Do que não necessitamos:

- Tudo o que estiver na lista que se segue porque já temos;
- Todo o tipo de cremes que tenham cores e odores
- Todo o tipo de brinquedos e utensílios que sejam ou contenham plástico
- fraldas de plástico


O que já temos (e que temos que vos agradecer :)):


Produto Quantidade
Mãe
Cinta pré-parto 2
Faixa pré-parto 1
Sutien amamentação 4
Calças grávida 1
Saia Grávida 1
Collants dencanso 2
Cinta pós-parto 2
Creme estrias 2
creme anti-manchas 1
Discos absorventesa anti-bac 1
Discos Hidrogel 1
Acessório faixa mamã 1
fato de banho grávida 1
protector solar 1
máscara hidratante 1
vitaminas sem lactose 4
folicil 1
Vit pre natal com lactose 1


Primeiros cuidados e alimentação
chupetas 4
caixa chuxa 1
chicco tetina fisiológica 2
Biberons chico 3
biberons mothercare 2
Esterelizador 8 biberons 2
babynyan 1
prendedor chucha 1
chicco faixa umbiliccal 1
Bomba electrica de tirar leite 1
cadeira de alimentação 2


Banho e higiene
banheira muda fraldas 2
espreguiçadeira que vibra 1
Banheira + 6 1
termómetro de banho nuby 1
fraldas naturl baby azul 2
fraldas bambino mio pack 1 1
toalha banho 3


Passeio
carrinhos/ovo
saco passeio e muda fraldas 1
muda fraldas enrolar 2
sling 1


Roupa
babygroww veludo +0 10
babygrow algodão +0 5
Babygrow 2 peças +0 3
bodies maangas compridas +0 17
bodies maanga curta +0 7
bodies manga comprida +3 5
gorro e botinhas +0 3
blusão capuz 1


Dormir
alcofa 2
berço 1
protector de berço + roupa de berço 1
saco para dormir 1
cama de grades 2
colchão 3
marsúpio 1
almofada de bebé anti sufoco 1
edredom, capa e fronha cama grades 1
protecção lateral 1
lençol e capa 10
ninho 2


Consumíveis
creme weleda bebé 1
anti ácaros aspirador 1






Obrigada a toda a gente que contribuiu para esta lista gigante de artigos para grávidas e bebés.






OS OPERÁRIOS DO NATAL

Uma das mais importantes obras discográficas para crianças que se fizeram em Portugal. Colaboração de Ary dos Santos (textos), Joaquim Pessoa (arranjos), Fernando Tordo, Paulo de Carvalho e Carlos Mendes (vozes). Toda a narrativa é feita por Maria Helena D'Eça Leal. Os arranjos são de Joaquim Luís Gomes e José Luís Simões.

Podem ouvir as canções em

http://operariosdonatal.com.sapo.pt/menu.html

Diz-no a M&M&A:

Eu tinha este vinil em criança e ao abrir o mail, no dia 25 de dezembro de manhã e ao ouvir estas canções, regressei á minha infãncia, e com as lágrimas nos olhos de emoção, recordei as canções e as letras, bem reveladoras do espírito da época pós revolução. Mas logo depois viajei para a actualidade, para a minha condição de futura mãe e de primeira operária do natal do meu filho e a emoção ainda foi maior ao ouvir a primeira música.

Este disco é precioso e agradeço a quem o encontrou na net, e continua a ser actual,seria muito importante que as crianças de hoje conhecessem o outro lado do natal aqui retratado, divulguem.

Espero que tenhas gostado, esta é a primeira prenda para o vosso bebé da amiga Marta e do André.

Meus queridos, vocês são também os operários do natal do vosso filhote, que vem a caminho e agora que os alicerces das 12 semanas já estão bem consolidados, tenho a certeza que a estrutura, o conteúdo e os acabamentos vão ser perfeitinhos.

Muitos parabéns e desfrutem os dois da vossa gravidez e venham cá visitar-nos, estou desejosa para vos dar aquele abraço.

Muito obrigada M&M&A, tudo de bom para vocês

Bebés com gatos

As opiniões são muitas e muito diversas. Há quem considere a presença de um gato perfeitamente inofensiva para o bebé desde os seus primeiros dias de vida e há quem pense que o melhor a fazer quando se tem crianças é eliminar o vestígio de qualquer animal de estimação.


Nós pensamos que tudo depende dos cuidados que se tem tanto com os gatos como com os bebés e depente também dos próprios gatos e dos bebés!!!!!!!!!!!!

Decidimos afastar os gatos de casa desde 6º ou 7º mês de gravidez até aos 2 ou 3 meses de vida do/a bebé.

Os motivos? Evitar que a casa esteja cheia de pelos no pico do verão; assegurar que a casa está o mais limpa possível para a chegada do/a bebé e, claro, permitir ao Leo e Thoth ter um verão mais fresco e tranquilo na Maia porque eles sofrem sempre muito e Lisboa com o calor.

Quando regressarem a casa, esperamos conseguir desenvolver uma relação saudável entre bebé e gatitos.

A provar que a convivência é possível, temos as fotos enviadas pelo papá.

Baby Sling da Vovó Lu

Quem conhece os baby slings da Vovó Lu?

São muito bonitos e parecem ser também práticos e resistentes.

A tia Su enviou o o link da loja on-line da Vovó Lu vale a pena fazer uma visita.

Obrigada Su, o/a bebé vai andar sempre aconchegadinho/a :)

Saúde Pública em Portugal - O centro de Saúde da Graça

Regra geral, uma narrativa começa pelo início mas, desta vez, vamos começar pelo fim, afinal, é uma peripécia longa mas com final feliz. Cá vamos nos:


Esta manhã fiz a minha inscrição no centro de saúde da SCML em Sapadores e fui muito bem atendida. Grávida de 12 semanas, foi a primeira vez que me mediram o índice de massa corporal, que me mediram a tensão arterial com um aparelho que atmbém mede as pulsações, que fiz um teste de glicose e, o mais importante de tudo, que fomos (eu e bebé) atendidos/as com calma, carinho e um sorriso :)


Tudo começou há 6 semanas com o teste de gravidez positivo e uma visita à médica de família – no Centro de Saúde da Graça - para mostrar a ecografia de confirmação que fiz por minha conta, num hospital privado.


A nossa médiaca de família Drª Anabela Caldeira é extremamente eficiente e dinâmica, marcou as devidas análises, uma Eco a ser realizada por volta dasa 8 semanas, informou-me deveriamos ser acompanhados/as, com regularidade, pela consulta de saúde materna a realizar às 2ª Feiras com a enfermeira do centro de saúde.


Expliquei que até meados de Fevereiro seria muito complicado comparecer às 2ª feiras pelo que a médica de família me informou que poderia faze-lo na 3ª feira seguinte sendo que assim que possível passaria a fazer o mesmo que todas as outras grávidas, indo à consulta com a enfermeira às 2ª Feiras.


No dia e hora marcados (3ª feira dia 13 de Janeiro de 2009 às 11:00 da manhã) dirigi-me ao centro de saúde para a visita à enfermeira. Esta, recusou-se a atender-me mesmo com a marcação da médica de família dizendo que (estou a citar) “as consultas são só às 2ª Feiras”, “médica não percebe nada”, “não pode marcar consultas para outros dias em a minha autorizaçao” entre outras coisas simpáticas que foi dizendo enquanto me dava uma caderneta verde onde marcou a consulta seguinte para dia 26 de Janeiro de 2009. Portanto, uma 2º Feira!!!!


Na sexta feira anterior à segunda conulta, o papá foi ao centro de saúde e perguntou quais as diligências a tomar para a consulta materna com a enfermeira . A informação que deram na recepção foi que bastava subir ao primeiro andar e colocar o “Boletim de Saúde da Grávida” (o tal verde) na porta da sala dos serviços de enfermagem.


Dito e feito, no dia e hora marcados lá estava eu para a segunda tentativa de uma primeira consulta materno-infantil com a enfermeira e segunda consulta com a médica de família. Mas, as coisas começaram mal: A médica de família faltou (eu sei que isso acontece) e na enfermagem... a saga continuou!!!!

Ao colocar o Boletim na porta dos serviços de enfermagem infringi uma regra, que continuo a desconhecer, pelo que, a enfermeira não podia começar a consulta sem um papel que estaria em falta. Enquando reclamava sobre a falta do papel, uma médica entrou na sala para entregar o processo de uma nova grávida e, às já pouco simpáticas exclamações que vinha a proferir desde o início da consulta, a enfermeira acrescentou o facto de estar “cheia de trabalho”, de “já ter 5 novos processos de grávidas num dia”, entre tantas outras coisas desagradáveis que podem ter uma enorme influência no seu dia-a-dia e bem estar mas que uma utente grávida não deveria ouvir.


Não sendo já suficiente mau tudo o que eu estava a presenciar, telefonou para a recepção para saber onde estaria o meu papel (que até hoje não percebi de que se trata) e não tendo gostado da resposta dada na recepção desligou exclamando “estúpida!!!!” (referindo-se à funcionária da recepção) Isso mesmo, uma maravilha!!!


Vamos então à nossa primeira consulta materno-infantil. Sempre sem um sorriso e com muita má vontade:

  • Informou-me sobre o que posso e não posso comer. Repare-se que já estava eu grávida de 9 semanas e que esta mesma enfermeira se recusou a dar-me qualquer informação na consulta marcada pela médica de família às 7 semanas de gravidez. Eu já sabia tudo o que esta profissional de saúde me explicou nesse dia mas mostrei-me muito interessada e sorridente quando só me apetecia perguntar algo do género “Desculpe lá, a partir das 9 semanas não posso comer fiambre nem salada por lavar mas às 7 semanas podia? Foi por isso que se recusou a dar-me esta informação antes?”;

  • Não me pesou porque a balança estava avariada;

  • Mediu-me a pressão arterial num aparelho electrónico que não consegue medir a pressão arterial muito baixa e que não mede a pulsação. Nunca vou entender porque é que um centro de saúde não tem equipamento profissional e adequado;

  • Não me fez teste de glicose;

  • Ficou a saber a minha altura porque me perguntou qual era; Logo, não me mediu e lá se foi o cálculo do índice de massa corporal;

  • Felizmente perguntou se tomava medicação, qual o grupo sanguíneo e se tinha as vacinas em dia mas, na não-consulta anterior esqueceu de mencionar que me deveria fazer acompanhar do boletim de vacinas, entre outros, e mostrava-se agora muito aborrecida por eu não ter nada disso comigo!!!!!!!!!!!!!

  • Analisada a urina, chegou o momento de marcar nova consulta e novamente começam as explamações nada simpáticas da enfermeira que furiosamente virava as páginas da sua agenda tentando encaixar uma consulta com a médica de família entre tantas outras marcações e as férias da mesma.


Conseguiu marcar consulta para dia 9 de Fevereiro, curiosamente numa das 2º feiras em que não podia comparecer. Dei essa informação na recepção e o conselho que me deram foi de que deveria fazer a marcação e depois tentar estar presente nem que fosse umas horas antes ou depois da hora marcada. Nem antes, nem depois, não foi mesmo possível. Ainda pensei em insistir na Terça-feira mas …. estava visto que não valia a pena.


Chagamos ao dia de hoje. Segunda-feira 16 de Fevereiro de 2009. Grávida de 12 semanas, lá fui eu para o centro de saúde. Confirma-se que a minha médica está de férias, marquei consulta para uma outra médica, pedi consulta com a enfermeira e, inacreditavelmente, o funcionário da recepção diz-me que para isso basta subir ao primeiro andar e colocar o Boletim (o tal verde, lembram-se???) na Porta da sala de tratamentos. Entre vómitos lá chegou a minha vez de ser atendida. Foi aqui que as coisas chegaram ao limite.


Por causa dos desmaios, bebi café logo de manhã mas isso provocou-me um enjoo enorme e quando me chamaram para a consulta tinha acabado de vomitar. A primeira coisa que fiz foi pedir um copo de água a uma das enfermeiras (por acaso não era a mesma).


Segue-se o diálogo:


Perguntei - “posso beber um copo de água? É que acabei de vomitar e...”


A senhora, com uma garrafa de água de litro em meio na mão, ainda dentro do saco de plástico do supermercado, responde imediatamente - “NÃO!!!!”


“Não, mas....” estava eu a responder - ao que a senhora acrescentou: “Não temos copos!!!”.


“Então posso beber água da torneira?” - pergunto


“Sim” responde a enfermeira “se quizer, foi lá que eu fui encher esta garrafa de água”.


Entro na sala das consultas materno-infantis - onde curiosamente estava mais uma garrafa de água de litro e meio em cima da mesa e, mais curiosamente ainda, também esta dentro de um saco de plástico do supermercado – dirijo-me ao lavatório e o que é que vejo? Mais de cinquenta copos de plástico empilhados mesmo ao lado da torneira!!! Fantástico!!!


Mas isto continua, entra a enfermeira nº 1 (a das consultas anteriores) e substitui o bom-dia por um ríspido “o que é que está a fazer aqui?”.


A partir daqui foi uma conversa de surdos em que a enfermeira me travava de forma ríspida como quem repreende uma criança em falta: “isto não é como vocês pensam e como vocês querem”, “não veio na segunda, agora não a atendo”, e um sem fim de declarações em tom insultuoso.


Expliquei da dificuldade de comparecer às segundas, do conhecimento da médica, do facto de esta ter sugerido as consultas às terças e de a própria enfermeira as ter recusado, expliquei o desmaio do dia anterior, a necessidade da ecografia esta semana. Só me ouviu quando disse que tinha consulta com outra médica ao fim do dia. Ouviu para logo se mostrar desconfiada por me terem permitido tal coisa!!!!! Já viram o descalabro!!!??? A nossa médica de família faltou à consulta das 9 semanas, marcaram a consulta das 11 semanas sabendo das impossibilidade de comparecer, a médica de família está de férias no dia da consulta das 12 semanas de gravidez até sabe-se lá quando (nunca me disseram)... entretanto a grávida desmaia, posto isto, na recepção marcam-nos consulta com outra médica e a enfermeira fica chocada por nos terem permitido tal coisa!!!!!!!!!!!Por nos terem permitido aquilo que tem que ser!!!!!!!!!!!


Nesta altura atingi o meu limi-te. Pertuntei se queria ver o meu boletim de vacinas e a última eco? Ela disse que não e eu tirei-lhe o Boletim da Grávida das mãos, disse que ia mudar de centro de saúde e saí como um furacão.


Uffa!!!!!


na recepção pedi o livro de reclamações. Deram-me o livro mas não me deram caneta. Fui ao café ao lado pedir uma caneta explicando porque a teria de levar comigo e garantindo que a devolvia. Nem sonham com a resposta. “Não posso emprestar a caneta porque depois eles ficam de mal comigo!!!. Eles conhecem-me sabem que fui eu que emprestei a caneta e ficam de mal comigo”.


Falei no copo de água recusado, na necessidade de reclamar mas a senhora tinha medo de vir a ser maltratada no centro de saúde caso elguém soubesse que emprestou a caneta que “eles” recusaram e que iria permitir a reclamação.


Perguntei se a senhora tinha noção de que isso era intimidação e chantagem? Mas a senhora parecia confusa e não percebeu como podia ser acusada de me estar a intimidar. Enfim, não conseguiu compreender que ela estava a ser a vítima, talvez vítima das próprias acepções sobre os funcionários do dito centro de saúde. Mas, seja um medo infundado ou não, não deixa de ser ilustrativo da relação dos utentes com estes serviços.


Finalmente, uma cliente do café deu-me uma caneta e lá fui escrever a minha reclamação que, pelo tamanho da história, se transformou em duas.


Entrei no centro de saúde a vomitar mas feliz e saí quase a chorar, evergonhada com os serviços públicos a que me sujeitam no meu próprio país, maltratada, nervosa, com dores de barriga e infeliz. Uma coisa é certa, a irritação foi tão grande até a tensão arterial subiu.

Eu sei que as enfermeiras não são todas assim. A minha mãe e a enfermeira Maria da SCML são exemplo disso.

Também sei que nem todos os centros de saúde públicos são maus.

O que eu sei é que:

- NUNCA uma enfermeira pode gritar comigo ou com qualquer outro utente que está a atender, mesmo que esteja cheia de razão;

- NUNCA, o pessoal médico, em horário e local de trabalho, pode negar um copo de água a um utente;

- Nunca, em nenhuma instituição pública ou privada os funcionários se podem insultar em frente aos clientes/utentes;

- NUNCA, num pais democrático, a população pode ter medo das suas instituições;

- NUNCA, uma caneta pode ser negada para escrever no livro de reclamações pois isso é o mesmo que negar o livro de reclamações;

- NUNCA, num serviço de saúde, deveria ser infligido stress e sofrimento a um utente, muito menos a uma grávida;

Infelizmente, no centro de Saúde da Graça, em pleno coração de Lisboa, tudo isto aconteceu e pouco ou nada funciona devidamente. Talvez por todos os funcionários, médicos incluídos terem excesso de trabalho? Talvez por ser uma população envelhecida que nunca reclama? Talvez as próprias condições físicas, de tão decrépitas, influenciem o humor dos profissionais?


Alguma explicação deverá ser encontrada.

Agora tenho consulta com no mesmo centro de saúde às 5:30 mas, entretanto, já fui à SCML onde fui, pela primeira vez, bem atendida.

Mas, há males que vêm por bem!!! Afinal de contas tenho que agradecer às senhoras enfermeiras por serem tão mal educadas pois, caso contrário, continuaria sujeita aos seus serviços e nunca teria conhecido um sorriso e um carinho numa consulta pré-natal.

Afinal nem tudo são rosas

A antever um verão quente e difícil - quando o calor aumenta a tensão desce - tive esta manhã o primeiro desmaio.

A pressão arterial já anda normalmente baixa mas, durante a gravidez, está absurdamente baixa (5-3). Há semanas que me sinto fraquinha mas esta manhã penso que o limite foi atingido.

Contra tudo o que se considera saudável durante a gravidez, fui aconselhada pelos médicos a nunca sair de casa sem tomar café, a preferir a comida bem condimentada, a comer chocolates e a andar sempre com uma saquinha de sal.

Quanto a comer de duas em duas horas, tudo bem mas as outras coisas são radicalmente contra a minha prática de comer orgânico, saudável etc... eu nem sequer gosto de chocolates!!!!!!!!!


Para além disso não posso estar em locais fechados, abafados e quentes como nas finanças onde me senti mal 3 vezes em cerca de uma hora ou no café esta manhã, onde acabei por me sentir mesmo muito mal. A verdade é que esta semana no trabalho também me senti mesmo muito mal e acabei por abandonar a sala de aula a correr para não desmaiar em frente aos alunos :(

Também não posso apanhar sol o que deita por terra a miha teoria sobre a necessidade de 10 minutos de sol por dia para aumentar a vitamida D.

Será que posso ir viver para o Polo Norte durante o verão? Isso ajudaria muito!!!!!!!!!!!

Pelas minhas pesquisas, as grávidas (nos fóruns na net) dizem sentir-se zonzas e sem forças, com dificuldades de concentração, com tonturas, com sono, sempre cansadas etc... com a tensão a 9-6 ou 8-4!!!!!!!!!!! nem sei o que pensar porque a minha está diariamente a 7-5 e nos dias mais difíceis chega aos 5-3 (É VERDADE!!!) Claro que não me posso sentir bem!!!! A enfermenra do centro de saúde - quando a maquineta automática de medir a pressão arterial começa a apitar loucamente - bem me quer levar para o hospital para porque pensa que não me seguro de pé mas... parece que ainda vou segurando e ainda consigo trabalhar pelo meio e tudo.

Eu sei que a tesão alta é muito pior do que a alta mas ainda assim permitam-me que me queixe um bocadinho.

Não, eu não tenho este ar cansado, deslavado e branco porque ando alienada. É mesmo a tensão baixa!!!!!!!!!!!

Todas as dicas são bem-vindas!!!!!!!

Já agora, alguém me empresta um medidor de tensão? Não queria ter que comprar um mas dava jeito ter um por perto. É que nem sempre consigo distinguir quando a tensão está baixa e assim sempre controlava a coisa (ou não, diz a minha mãe que só serviria para me deixar mais nervosa!!!).

Barbapapa



Gostaria muito de encontrar artigos da família Barbapapa em Portugal. Se alguém souber onde me posso dirigir, por favor, envie um comentário.

Procuro, em especial, uma lâmpada (de chão) da
Barbabela (lilás) e uma almofada, daquelas moldáveis, de qualquer outro membro da família. Claro, que procuro algo que não tenha preços proibitivos como os que anunciam alguns websites. Pode ser em 2ª mão!!!!!!!!!!

O que encontrei na net com o preço mais simpático foi o
"Barbouille Blackboard" que não só é um membro da família como ainda é um autocolante de parede e é funcional!!!!!!! Vale a pena conhecer. Encontrei a referência no Blog de brinquedo que aliás tem uma data de coisas delirantes como um sapo que se transforma em príncipe, um Barack Obama que é um vaso e a quem cresce cabelo de erva, duas vítimas de All Street e muito mais... só visto!!!!!!!!!!!!!

Já sei que consigo encontrar os episódios da série no youtube e em português (Brasil) o que é muito bom :)


P.S: Obrigada família Bergeron porme terem apresentado estes amigos tão simpáticos e por me terem ensinado tantas outras coisas tão mais importantes :) Que Saudades!!!!!!!!!!!

No reino da Fantasia

Adoro pintura mural e temos a sorte de conhecer duas pessoas maravilhosas que fazem um excelente trabalho. Podem cuscar aqui mesmo.

Na nossa sala temos uma modesta e linda árvore que nos ofereceram! É a alma da casa!!!

Gostaríamos trazer um pouco de fantasia também para o quarto do nosso bebé mas não sei se os "artistas" estarão em Lisboa tempo suficiente para a "empreitada".

Se viverem no Brasil ou holanda aproveitem porque não é todos os dias que temos por perto pessoas tão maravilhosas!!!!



Enquanto não sei se poderemos, ou não, contar com a sua imaginação e talento, ando à procura de formas mais fáceis de executar o trabalho.

Parece-me que a forma mais simples é com autocolantes e existem para todos os gostos, preços e tamanhos.

Para encontrar este artigo no google o melhor é escrever "wall stickers".

“alucinação eco-hormonal”

Aluninação eco-hormonal é a melhor forma que encontro para descrever o que estou a viver!!! A designação não é minha mas sim da Rita Quintela, cuja entrevista podem ler aqui.

Diz-nos a Rita que na sua alucinação eco-hormonal fez toalhitas reutilizáveis e até discos de amamentação reutilizáveis.

Vou por mãos à obra e fazer o mesmo. Como para os discos temos que utilizar um tecido impermeável, ou começar por explorar um velo e bonito guarda-chuva (ou chapeu de chuva, se gostarem mais).

Penso que vou começar por fazer um babete e com o tecido que sobrar passo para os discos de amamentação.

Obrigada pelas dicas!!!!!!!!!!!!

Já agora, vale a pena aprender com o blog Mãe Galinha.

"Mais saudável é impossível!!!" ou "No mundo dos sabores e odores!!!!!"


Quem me conhece sabe que há algo que ainda me agrada mais do que cores e formas, isso mesmo, são os odores e sabores.

Esta semana descobri o projecto 270 e com ele as cenouras brancas e roxas, os espinafre limão e as folhas de mostarda (que afinal é uma couve). Tudo biológico, fresco e com muita simpatia!!!!

Para além das comiditas, no projecto 270 ainda encontramos aulas de yoga 3 x semana ns quais eu penso participar.

Mas, o mais importante de tudo foi encontrar uma família bonita e saudável, que diz não à carne e ao leite de vaca. Não é uma escolha fácil pois toda a gente me questiona mas, é a minha escolha e a escolha natural do meu organismo que fica muito mal sempre que insisto em comer carne e nem pode sentir o odor do leite. É bom saber que não sou a única e até digo mais, quando até um Banco (sim, desses que emprestam dinheiro e cobram taxas) escreve no seu site sobre as vantagens de não comer carne na gravidez, é porque não estou mesmo sozinha!!!!!!!!!!

Claro que eesta também não é uma opção propriamente "barata". Felizmente temos a sorte de ter família fora da grande cidade que no fornece todo o tipo de alimentos (até mesmo frango do campo). Apenas temos que completar a ementa com algumas coisitas boas e frescas.

"O mundo das tesouras, dos tecidos e das texturas" ou "Maravilhas!!!!!!!!!!!!!!"




A foto que está no título do blog é de uma das criações de Rosa Pomar, na minha opinião, a mais bela das artistas!!!!!! Tudo me agrada, os bonecos, os slings, as fotos, os textos. Obrigada Ju e Fernanda por esta descoberta!!!!

Ao ver o site da Rosa, percebi que a minha paixão por tecidos, cores e texturas é partilhada por muita gente e que a imaginação é o limite para a sua utilização. Muito em breve vou, também eu, entrar no mundo encantado das tesouras. Depois mostro os resultados!!!!!!!!!!

Chegamos ao reino das Fraldas de pano


Quem já ouviu dizer que uma criança gasta cerca de 1 tonelada de fraldas, o que corresoponde a cerca de 1700 euros? E que desde que se utilizam as fraldas descartáveis a média de tempo de utilização de fraldas subiu de 2 anos para 3 anos e meio?

Pois é, não posso dizer que isto seja novidade para mim, nem sequer que tenha tomado agora esta decisão. Sempre disse que isto era o que iria fazer e por isso cá estou eu a optar pelas fraldas reutilizáveis.

O ambiente e o bebé agradecem (Explicações na listinha de sites do lado direito do blog).

A única novidade que é decidi que as ia comprar e segunda mão. Eu sei, não chegava querer lavar fraldas ainda as compro usadas!!!??? hi, hi!!! Se calhar nasci na época errada!!! Ou não??? Vá, lá!!! Vejam os links sobre o assunto e confessem... estas fraldas são lindas!!!!!!!!!!!!!

Semanas 10 e 11: Quase, quase!!!!!!!!!!!!

A décima semana representou o regresso à vida para a mamã (eu mesma!!!).

Depois de ver um coração minúsculo a 178 batimentos por minuto (p.m.) durante a eco , tudo ficou bem. Disse o médico que o/a "faísca" é perfeito/a!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Hi, hi, PERFEITO/A!!!!!!!!!!!!!

Como que por magia, acabaram os enjoos, acabaram os medos, instalou-se uma satisfação gigante... tão grande que é impossível de descrever por palavras!!!!!!!!!!!

A par de tão grande contentameto, voltou a pesquisa do "belo". Adoro estar rodeada de coisas bonitas!!!