Do you speak English? | Parlais vous Français?

Celebração de São Martinho | Festa das Lanternas



É uma das minhas festas favoritas e este ano tem celebração dupla.



Source: vimeo.com via Anita on Pinterest


Sexta-feira - 9 de Novembro - Casa Verdes Anos - 16:30


Domingo - 11 de Novembro - Caminhada em Família, com lanternas. 
Campo Santa Clara/Jardim Boto Machado, Graça - Jardim da feira da Ladra
17:30



Para ambas as celebrações, levar: 
 
- Lanterna/ vela
- Roupas quentes

- Castanhas
- Snaks

- Bebidas quentes como vinho quente.


                       A Menina da Lanterna:

 A Menina da Lanterna é uma história de origem Europeia que se comemora no dia de S. Martinho. Trata-se de uma história que marca uma celebração anual que nos prepara para a chegada do Inverno. É uma história de Outono. O tempo começa a ficar mais frio e a noite chega mais cedo, o que motiva o recolhimento e a interiorização. Quando a menina da lanterna tem a lanterna apagada e começa à procura da luz, enceta um caminho de auto conhecimento (de busca interior).
 

No princípio do caminho, encontra os animais que representam os nossos instintos mais básicos. É a partir do aparecimento da Estrela que começa o seu verdadeiro desenvolvimento interior. O menino da lã tece o fio do "pensamento", o sapateiro representa a força e a acção que nos mantêm os pés assentes na terra e o menino da bola simboliza os nossos sentimentos. Estão aqui as três partes que formam o ser humano: "o pensar ", "o querer" e "o sentir". São estes elementos que, como a história revela, necessitam de ser trabalhados, dominados, transformados e renovados. O fogo, também aqui predominante, é o elemento da natureza que representa a transformação e a purificação.

Através desta vivência, acreditamos estar a semear nas nossas crianças sentimentos de coragem e confiança mesmo quando o caminho se revela muito longo. Se pensarmos com luz, a nossa vida brilhará, e se não desistirmos, poderemos sempre renovar a nossa luz interior e com ela iluminar os que nos rodeiam. (Casa Verdes Anos)


A História de são Martinho
PT


Um dia, em Novembro, Marinho acordou cedo e foi para a cidade de Amiens. pelo caminho, uma chuva muito forte e fria e estava tão escuro que uma lanterna mal conseguia iluminar o caminho.
De repente, o seu cavalo parou às portas da cidade. Um pedinte, havia parado no seu caminho, com as mãos esticadas, a suplicar por ajuda. Martinho, não tinha nada para dar ao pedinte. Apesar de Martinho ser um oficial do exército, vivia uma vida muito simples, sempre a ajudar os mais pobres, doentes e os que necessitavam de apoio. Mas,Martinho era muito criativo e por isso despiu o seu casaco do exército, cortou-o a meio e deu metade ao pedinte com frio. nessa noite, ele teve um sonho de que cristo aparecia, vestido com a metade do casaco que havia dado ao pedinte e disse "Hoje, partilhaste o teu casaco comigo, a partir de hoje vais swr chamado de São MArtinho." 
depois de sair do exército Romano, São Martinho tornou-se monge e fundou vários mosteiros que ajudavam os pobres e doentes.


EN


One day in November he rose early in the morning and rode from his simple room into the city of Amiens, Gaul. Frigid rain pelted against his face and it was so dark a lantern barely lit his path. Suddenly, his horse stopped at the city gates. A poorly-clad beggar stood beside the path with his hands stretched out asking for help. But St. Martin had nothing to give the beggar. In spite of his high position in the army, he lived in poverty, only serving the poor, the sick and those in need of consolation. But St. Martin's compassionate heart was inventive. Swinging his warm red soldiers' cloak off his back, he cut it in half and gave one half to the beggar.
That night he had a dream in which Christ appeared dressed in the half cloak and said, "Today you have shared your cloak with me, from now on you are to be called St. Martin." After leaving the Roman army, St. Martin became a monk and founded several monasteries that served the sick and poor.
(Frontier Dreams)
Ideias para fazeres a tua lanterna



 


http://gardenmama.typepad.com/my_weblog/2010/11/my-entry-1.html

http://gardenmama.typepad.com/my_weblog/2010/11/my-entry-1.html


http://www.urbanpioneerstory.com/2011/11/lantern-fest/


http://frontierdreams.blogspot.pt/2010/10/lantern-walk.html
                              
http://rosinahuber.blogspot.pt/2011_11_01_archive.html

http://www.yorksteinerschool.org/education/festivals/

http://kirstenrickert.com/
             

                    PT:
Eu vou com a minha lanterna,

Lanterna comigo vai.

No céu brilham as estrelas,

Na Terra brilhamos nós.

Ó São Martinho, nós estamos aqui.
La bimba, la bimba, la bim, bim, bim.



EN


I go outside with my lantern,
my lantern goes outside with me.
Above the stars shine so brightly,
down here on the earth shine we.
So shine my light,
in the still dark night,
a bim a la ba ma la boom!



                                  ******

Lua, sol e estrelas,

Que alegria ao vê-las.

Se não as consigo ver,

A minha lanterna vou acender


     *******



O ouriço já secou, já caiu a castanhinha,
O ouriço já secou, já caiu a castanhinha,
Hoje é dia de comer a castanha cozidinha,
Hoje é dia de comer a castanha cozidinha.
Cozidinha ou assadinha na fogueira a saltitar,
Cozidinha ou assadinha na fogueira a saltitar,
Hoje é dia de São Martinho, vamos cantar e bailar,
Hoje é dia de São Martinho, vamos cantar e bailar.



Gratidão ♥ *•.¸Paz¸.•♥•.¸Amor¸.•♥•.¸Sabedoria¸♥ •.¸Prazer¸.•♥•.¸Alegria¸.•♥•.¸¸ Vida

No comments:

Post a Comment