Do you speak English? | Parlais vous Français?

Supostamente engraçado

Recebi, através de um meio cuja informação leio atentamente, uma lista de dizeres infantis engraçados  e, por isso, li-os a pensar quye ia rir um bocado descontraídamente.

O que encontrei foi o retrato de inumeras famílias com relacionamentos adversariais entre os pais, entre os pais e avós e destes para com as crianças. O que encontrei foi uma sicessão de faltas de respeito de adultos críticos, preconceituosos, pouco afectivos e preguiçosos.

Aqui o original

Aqui os meus comentários em resposta:

1.Jamais uma mãe deveria dizer,  em frente a um filho que alguém é chato, seja avó ou qualquer outra pessoa. Cabe-nos orientar os nossos filhos para que sejam empáticos.

2. Quem mostra às crianças que há pessoas feias e pessoas bonitas? elas não nascem a achar que existem pessoas feias, aprendem pelo caminho...

3. Quem denomina algo de porcarias para que as crianças o repitam? Se de facto eram porcarias não deviam estar no frigo, se não eram porcarias e a criança o diz, aprendeu com alguém a ser crítica em relação à comida.

4. que pai mais insensível. muito bem esteve acriança.

4. Quem definiu o que é arrumado e desarrumado, na vida da criança, ao ponto de ela julgar os outros por esses parâmetros rígidos?

5. se a mãe visse ralhava com a amiga? batia? o que fará a mãe com a criança?

6. tem piada e é inocente ...

7. e...? tapar a boca porquê? continuamos a reproduzir esteriótipos.

8. hahahha a mãe desatinar com o pai por fazer cocó durante muito tempo é digno de ser mencionado. Ha quem desatine com tudo, pena a criança ter que assitir a isso.

9. comentário muito simpático :)

10. um sentimento a ser validado e é fulcral encontrar estratégias para o minimizar.

11. que pena. assim se aprende a mentir

12. e...? toda a gente dá. porquê fazer disso tabu?

13. Ninguém devia mandar em lado nenhum, são famílias e não empresas. Está só a verbalizar a relação hirarquica e adversarial em que vive.

14. Que pena. O pai perdeu uma excelente oportunidade de se conectar com a criança e a fazer feliz. Ao adormecer deixando-a à espera, desiludiu-a e contribuiu para o afastamento entre os dois. A nossa viuda faz-se da acomulação de experiências, cabe aos adultos deternminar se serão experiências positivas ou negativas.

Os seguintes foram copiados integralmente do nosso facebook. São desabafos de qureidas mamãs:

15: se tinha, qual o problema?

16. Que pena. Escarnio e maldizer faz de nós piores pessoas, não traz fecvilidade a ninguém e não é um bom exemplo para os nossos filhos. É algo a evitar, mesmo que por mensagem.

17. que pena. Os filhos deveriam pensar que os pais lhes dão tudo aquilo de que necessitam e não que são seus inimigos e os fazem sofrer só porque sim. A mãe podia ter aproveitado para dizer " vamos agora comprar umas sandálias" e iam nem que fosse comprar uns chinelos de dedo baratinhos. A vontade de sair da loja e deixar a miúda sozinha é a única coisa descabida desta situação.

18. ... critica, critica, critica...

As crianças que dizem estas coisas estão a imitar adultos que não se sabem comportar e que não pensam antes de falar. 

  
Na maioria dos casos, trata-se de grandes faltas de respeito dos adultos para com o próximo e para com os seus filhos. 
 
Pena que se riam em vez de aproveitarem que dizem as crianças para analisar o que podem melhorar nas vossas vidas.


Gratidão ♥ *•.¸Paz¸.•♥•.¸Amor¸.•♥•.¸Sabedoria¸♥ •.¸Prazer¸.•♥•.¸Alegria¸.•♥•.¸¸ Vida

No comments:

Post a Comment