O NOSSO ALTAR e a velha lá de casa.


Cá em casa temos um altar, que vai mudando com estações do ano, os nossos achados, crenças, compras e interesses.
Geralmente estão lá o cordão de Gandhy - que nos atravessa o peito que se troca por beijinhos no Carnaval - um espelho no qual se reflete a nossa imagem, lembrando-nos da nossa sacralidade, uma carta do oráculo da virtudes, penas, sementes, cristais e rochas, bordados e desenhos das ancestrais e crianças da familia,  óleos essenciais e o seu difusor. Não se vê na foto mas estão presentes um triptico da Virgem Maria.enuma estatua de Iemanjá, é que a minha fé, a ser prepresentada por um animal, seria uma borboleta.  Muitas vezes, o altar é foco de contemplação e conversa. Esta semana também lá estão dois dentes de tubarão, 1 com 55.000 e outro com 450.000 anos!
Estava o meu filho a mostrar e explicar a um amigo onde comprou reliquias tão antigas e a sua idade quando oiço o rapaz exclamar: "tens coisas assim tão velhas em casa? A coisa mais velha da minha casa é a minha mãe!" #unschooling
#instablog


Gratidão ♥ *•.¸Paz¸.•♥•.¸Amor¸.•♥•.¸Sabedoria¸♥ •.¸Prazer¸.•♥•.¸Alegria¸.•♥•.¸¸ Vida

No comments:

Post a Comment