Do you speak English? | Parlais vous Français?

A participação das crianças nas tarefas domésticas

O mais importante é o exemplo. 

Não se trata de tu andares a correr de um lado para o outro para tentar arrumar e limpar tudo, nem de dar ordens às crianças para que elas limpem e arrumem "as suas coisas".  

Dá o exemplo, trabalha com suavidade e alegria. 

Limpa, arruma, lava a loiça, varre o chão, dobra a roupa, cuida dos animais e das plantas... com ternura e um gesto de amor pela tua família. 

Ao ver o teu exemplo, os teus filhos vão querer imitar os teus gestos mas também a tua atitude de amor e ternura. (Waldorf))

Muitas mães, realizam as tarefas domésticas entre lamentos e gritos de frustração que vão informando todos os presentes do quando elas são "escravas da família", sempre a limpar o que os outros sujam, cheias de trabalho, a reclamar do quando é horrível limpar, arrumar, dobrar roupa, cozinhar... como é que esperas que as tuas crianças venham a gostar de participar nas lides domésticas se é assim tão horrível? (Unschooling)


As crianças gostam de participar em tarefas "importantes" que envolvem água, facas, loiça de verdade, electrodomésticos, vassouras, frascos de detergente e outros utensílios e ferramentas geralmente utilizadas por adultos. (Waldorf)

Confia nas crianças e acompanha-as atentamente no manuseamento de utensílios comummente considerados perigosos. Uma criança de um ano pode manusear uma faca, por exemplo, para cortar uma courgete, se devidamente orientada por um adulto.

As crianças não procuram magoar-se ou destruir o espaço e objectos à sua volta, pelo contrário, o que pretendem é cooperar, aprender e desempenhar bem as tarefas do seu interesse.

Acima de tudo, as crianças procuram cumprir com as expectativas dos adultos que com ela convivem. Se esperarmos que os nossos filhos se magoem e não confiarmos neles, é o que irá a acontecer até porque estaremos com medo e nervosos - se não estivermos aos gritos alarmistas - o que desviará a nossa atenção e a das crianças da tarefa em questão e conduzirá ao desastre. (Continnum Concept) 


Tradução e adaptação livre de:

The Parenting Passageway - Waldorf - http://theparentingpassageway.com/2010/01/13/waldorf-in-the-home-with-the-three-and-four-year-old/


Sandra Dodd - Unschooling - http://sandradodd.com/chores/

Continnum Concept -  http://wantamiracle.blogspot.pt/2011/01/o-inicio-conceito-continuo.html



Gratidão ♥ *•.¸Paz¸.•♥•.¸Amor¸.•♥•.¸Sabedoria¸♥ •.¸Prazer¸.•♥•.¸Alegria¸.•♥•.¸¸ Vida

No comments:

Post a Comment