Do you speak English? | Parlais vous Français?

Planificação menu de inspiração Paleo


Pequeno almoço:

  • Taça de bagas/ frutos silvestres(/ frutos secos com leite de côco
  • Omolete ou ovos estrelados - qualquer legume, carne, peixe marisco desfiado, gengibre ralado,
  • Ovos estrelados e fruta. Receitas inspiradoras aqui
  • Smothie de leite de côco: 1 lata de leite de côco, bagas congeladas, 2 ovos, 2 colheres de sobremesa e manteiga de frutos secos (amendoim, sésamo...), extrato de baunilha;
  • Legumes salteados no wok, com óleo de côco ou manteiga ghee;
  • Sopa;
  • Bone broth com óleo de côco e ervas aromática;
  •  Salada verde com frutos secos, uvas, maçã, azeitonas, abacate, azeite e sumo de limão;
  • "Restos do jantar" salteados, com legumes/ salada/ em ovos mexidos;


Refeições principais:
  • Salada verde com frango assado desfiado, azeite, sumo de limão;
  • Sopa de frango e vegetais;
  • Fritata de courgete e batata doce
  • Guisado de carne e legumes;
  • Carne/ peixe em caril de côco;
  • Mexilhões e salada variada;
  • Peixe grelhado e legumes salteados;
  • Frango assado em limão, batata doce, cenoura e couve de bruxelas;
  • Ovos escalfados com ervilhas em molho de tomate;
  • Bolonhesa de legumes e carne - funcho, cenoura, talos de bróculos ralados, talos de espinafres ralados -  com batata doce; 
  • Goulash;
  • Bigos de vaca;
  • Camarões em caril de côco e espinafres salteados em côco e basilico;
  •  Salada de franco com azeitonas e tomate cereja;

Snaks:
  • Salmão fumado;
  • Sementes de abóbora e cenoura crua;
  • Kefir de cabra;
  • Talos de cenoura e aipo com hummus ou baba ghanoush;
 Sobremesa:

Websites:
- http://www.paleoplan.com
- http://ultimatepaleoguide.com/paleo-diet-meal-plans/
- http://www.elanaspantry.com/weekly-paleo-meal-plan/



Gratidão ♥ *•.¸Paz¸.•♥•.¸Amor¸.•♥•.¸Sabedoria¸♥ •.¸Prazer¸.•♥•.¸Alegria¸.•♥•.¸¸ Vida

Conversas de mães


Ela - "O C. adorou aquele site com as ideias que me enviaste! Já congelamos um boneco!"

Eu - "Hoje também congelamos o homem aranha dentro de uma banheira de criança. Gelo faz água que vai para a terra, junta-se aos rios vai para o mar. As nuvens descem, bebem, sobem, batem umas nas outras e chove. Polo norte e pólo sul, tudo neve. Iceberg, esquimó, pinguim. Neve no inverno, nas montanhas, bonecos de neve. Ice - gelo - iceberg. Pingu no youtube. Focas no oceanario"

Ela - " :) Muito bom"

Eu - " E pronto, tava-me a sentir uma merda de mãe. Agora já pareço muito boa

Bicho congelado - fóssil de gelo.
Como os mamutes"

Ela - ""Merda de mãe"!!!! Até parece impossível passar-te uma coisa dessas pela cabeça nem que seja um só segundo!!!"

Eu - "Mas passa, muitas vezes"
 
(...)

Ela - "compreendo-te... eu também volta e meia entrego-me a esse pensamento"

 O site das ideias que enviei - http://pinterest.com/catiamaciel/brincar/

O pingu no youtube - http://www.youtube.com/watch?v=wuaKmaslGHs



Gratidão ♥ *•.¸Paz¸.•♥•.¸Amor¸.•♥•.¸Sabedoria¸♥ •.¸Prazer¸.•♥•.¸Alegria¸.•♥•.¸¸ Vida

Gostos não se discutem



Diz o S. "estes são os sanduiches mais maus que já comi na minha vida inteira!"

São bonitos, coloridos, refinados, de qualidade, estão nas mãos dos melhores pasteleiros do mundo desde 1889, chegaram-nos diretamente de Paris...

Há quem se desloque kms para os degustar...

Nada disso interessa a um menino de três anos - e meio - cujo paladar não está habituado aos muitos ingredientes que se podem ler no rótulo - açúcar, xarope de glucose, frutose, acidificante (e330) gelificante (e440i), acidificante (e330), corantes (e100, e120, e160a, e162, e163)...
Felizmente, em França, exigem que se incluam nos rótulos todos os ingredientes, incluindo os dos sub-produtos que formam o produto final. o resultado, é uma leitura impossível mesmo para alguém, que, como eu, lê em 5 línguas diferentes.

Adoraria ver pastelaria de alta qualidade que fosse, para mim, comestível. Sou como o meu filho, acho lindíssimo e sinto vontade de comer mas não consigo saborear nem a primeira dentada sem que seja necessário beber meia garrafa de água, na tentativa de esquecer o sabor.

Mas, conheço quem adore pastelaria francesa e por isso guardarei, carinhosamente, todos estes bolinhos.


http://www.paul.fr/

Gratidão ♥ *•.¸Paz¸.•♥•.¸Amor¸.•♥•.¸Sabedoria¸♥ •.¸Prazer¸.•♥•.¸Alegria¸.•♥•.¸¸ Vida

Relacionamentos duradoiros



Gratidão ♥ *•.¸Paz¸.•♥•.¸Amor¸.•♥•.¸Sabedoria¸♥ •.¸Prazer¸.•♥•.¸Alegria¸.•♥•.¸¸ Vida

Porque nem as paredes da rua são portas fechadas

Partilhei algumas das das fotografias do meu álbum "Quando as paredes falam" com o projecto " Porque nem as paredes da rua são portas fechadas".


Foto: Enviada por Cátia Maciel

Porque nem as paredes da rua são portas fechadas


 Foto: Enviada por Cátia Maciel

Porque nem as paredes da rua são portas fechadas

 


Gratidão ♥ *•.¸Paz¸.•♥•.¸Amor¸.•♥•.¸Sabedoria¸♥ •.¸Prazer¸.•♥•.¸Alegria¸.•♥•.¸¸ Vida

Apoio em experiências de perda gestacional e interrupção voluntária da gravidez

"To me, being a Radical Doula is committing to the hard work of facing issues of racism, classism, ableism, homophobia, transphobia head-on in our work with pregnant and parenting people. It means understanding birth as just one instance in a wide spectrum of pregnancy-related experiences that include abortion, miscarriage and adoption, and understanding why doula support across that spectrum makes sense. It’s about providing non-judgmental and unconditional support to pregnant and parenting people, ultimately in service of social justice."

in Radical Doula -
http://radicaldoula.com/radical-doula/


Outros:

Full Spectrum Doula - http://blog.cuntastic.org/full-spectrum-doula/

Still Birth Day - http://www.stillbirthday.com/

Pregnancy loss doula - http://hopeforhealing.weebly.com/what-is-a-pregnancy-loss-doula.html


Gratidão ♥ *•.¸Paz¸.•♥•.¸Amor¸.•♥•.¸Sabedoria¸♥ •.¸Prazer¸.•♥•.¸Alegria¸.•♥•.¸¸ Vida

A nossa casa

Este ano conheci um jovem casal apaixonado.

Escolheram o local onde viver, escolheram o tipo de construção que desejavam fazer e construíram a sua casa, de raiz, com as próprias mãos.

Ele procurou, na floresta, cada tronco de madeira que, durante meses, preparou, centímetro a centímetro, na sua carpintaria improvisada, socorrendo-se das ferramentas que herdara do avô.

Juntos, desenharam, planearam, concretizaram o sonho.

Os amigos e a comunidade onde se inserem apoiaram em todo o processo.

No dia em que o telhado estava de pé, vésperas do nascimento do seu primeiro filho, tudo pronto para receber a nova família, a mulher entrou, sentiu o espaço e disse "esta não vai ser a nossa casa, não a sinto como a nossa casa" e contou o que via que se ia acontecer no recém criado espaço de amor.

O seu jovem amante mais tarde, disse-me num enorme sorriso "esta não vai ser a nossa casa, há outras coisas, mais importantes, que vão acontecer neste espaço. Vamos construir outra casa".



Gratidão ♥ *•.¸Paz¸.•♥•.¸Amor¸.•♥•.¸Sabedoria¸♥ •.¸Prazer¸.•♥•.¸Alegria¸.•♥•.¸¸ Vida

Chorar




Eu - Quando a mamã está a chorar, o que é que tu sentes?

Ele - Sinto falta de ti

Eu - Porque eu, quando estou a chorar, não estou contigo?

Ele - Sim

Eu - E seu eu, quando estou a chorar, estiver a brincar contigo.

Ele - Fico feliz

(silêncio)

Ele - Mamãaaaaaaa, chorar é bom.

Eu - A varanda é um bom sítio para chorar, o vento e o sol secam as lágrimas.

Ele - O sol seca tudo muito rápido.



Conversa ao sol de Primavera, debruçados sobre a cidade, a desembaraçar fios coloridos.



Gratidão ♥ *•.¸Paz¸.•♥•.¸Amor¸.•♥•.¸Sabedoria¸♥ •.¸Prazer¸.•♥•.¸Alegria¸.•♥•.¸¸ Vida

Dizer sim ou dizer não?

O meu filho tinha um balão cor de rosa cheio de hélio. Ele sabia que se o balão fosse lançado pela janela voava e nunca mais voltava. Há pouco lançou o balão no wc, com a janela aberta e lá foi ele... Está a chorar há uns 5 minutos e grita ora "eu quero um balão cor de rosa" ora "eu nunca mais quero nenhum balão". A vida é cheia de nãos, a maioria deles nós, pais, somos incapazes de prevenir. Ele diz que eu precisava de "ter apanhado o balão muito rápido" e não o fiz :) Se lhe fosse possível, hoje, muito antes de ter deixado partir o balão, ele teria dito "mamã, hoje estás completamente desconcentrada, nervosa e triste e eu estou-me a sentir perdido" mas, ele não sabia como o dizer e, talvez por isso mesmo, lá foi o balão.

Há quem defenda acerrimamente que o ser humano necessita de muitos "NÃOS" para crescer forte -
http://expresso.sapo.pt/especialista-alerta-criancas-estao-a-ser-mal-educadas=f528155

Há quem se tenha experimentado uma vida sem "nãos desnecessários e arbitrários" e tenha visto que é possível crescer com a noção de limites quando se vice num ambiente promotor do sim:http://sandradodd.com/yesagain

http://sandradodd.com/joyce/yes

25 minutos depois: o meu filho ainda está a chorar pelo balão, diz que quer que eu vá buscar um avião para ir-mos atrás daquele balão porque ele não quer mais nenhum balão, quer só aquele. Mais um gigante, enorme não que a vida lhe está a dar.

Gratidão ♥ *•.¸Paz¸.•♥•.¸Amor¸.•♥•.¸Sabedoria¸♥ •.¸Prazer¸.•♥•.¸Alegria¸.•♥•.¸¸ Vida

No tempo em que a net era mais lenta

 "Hoje estou em modo blog, quase fico com pena que tenha surgido o facebbok pois, no tempo do blogs, escrevia-se com mais tempo, mais senso, mais devagarinho, era net em slow motion, os comentários demoravam a chegar, eram reflectidos, a informação era em menos quantidade mas levava o seu tempo a assentar antes de ser abalroada por mais 7 milhões de frases soltas e imagens coloridas... "

Hoje andei a passear pelos blogs de que mais gosto e por outros que ainda não conhecia.

Hoje pensei que vou começar a trazer o que partilho no facebook para este blog. Nas redes sociais tudo se perde, aqui, tudo se transforma...

Por Cátia Maciel in  "Mulheres Natureza", Grupo Facebook


Gratidão ♥ *•.¸Paz¸.•♥•.¸Amor¸.•♥•.¸Sabedoria¸♥ •.¸Prazer¸.•♥•.¸Alegria¸.•♥•.¸¸ Vida

Onde menos se espera



Gratidão ♥ *•.¸Paz¸.•♥•.¸Amor¸.•♥•.¸Sabedoria¸♥ •.¸Prazer¸.•♥•.¸Alegria¸.•♥•.¸¸ Vida

Quando o amor existe

"(...) quando o amor existe numa casa, facilmente "deus" põe a mão e começa a abençoar o casal, até porque quando as pessoas são de boa natureza, tem bons "vicios" e as cabeças alinham-se para a conquista de recursos, elas CRIAM, imaginando, novos formatos a cada dificuldade que encontram e se trabalharem o desapego aos formatos do antigamente aceitando o ponto onde estão realmente e não aquele onde sonhariam estar elas desenvolvem a independência interna necessária para ela se manifestar externamente."

in May Fay Mae - Filho único ou não?



Gratidão ♥ *•.¸Paz¸.•♥•.¸Amor¸.•♥•.¸Sabedoria¸♥ •.¸Prazer¸.•♥•.¸Alegria¸.•♥•.¸¸ Vida

Inspiração Maio 2013 | Lua da Fertilidade

008


1. http://frontierdreams.blogspot.pt/


Photo5

Quilt03

Shawl08

Nature01-2

Pop01-5

Cats01

Play08

Wood01-10

2. www.soulemama.com





3. http://www.themagiconions.com/




4. www.hinterlandmama.com



5.
Gratidão ♥ *•.¸Paz¸.•♥•.¸Amor¸.•♥•.¸Sabedoria¸♥ •.¸Prazer¸.•♥•.¸Alegria¸.•♥•.¸¸ Vida

O dragão e a casa



  Momentos Extraordinários - O quotidiano, perspectivado e registado com criatividade e alegria.  Cada foto remete para um momento, uma vivência, uma memória que queremos recordar, celebrar e agradecer.
 







 



Gratidão ♥ *•.¸Paz¸.•♥•.¸Amor¸.•♥•.¸Sabedoria¸♥ •.¸Prazer¸.•♥•.¸Alegria¸.•♥•.¸¸ Vida




Ajuda-me a salvar a Horta do Monte

DESTRUÍDA PELA CML A 25 DE JUNHO | 7 DA MANHÃ.
http://s1295.photobucket.com/user/catiamaciel/slideshow/Horta/Horta%20do%20Monte%20Lisboa


Na Horta do Monte crescem flores e ervas aromáticas que perfumam as casas Lisboetas. EM que outro local da cidade se poderiam colher, de forma livre, malmequeres, sardinheiras, funcho, malvas, poejo, salva, arruda, hortelã, salva, cidreira, tomilho...


 
 




Na Horta do Monte, aprendemos como se constrói e como funciona um sistema de recolha de água e de rega.

Aprendemos, com quem sabe, a peneirar a terra para ficarmos apenas com a mais fofinha.






Aprendemos a construir espirais para as flores, primeiro separamos as pedras grandes da terra,... na Horta do Monte há muitas pedras porque antes de lá se fazer a Horta, era um espaço de vazamento de entulho.





Vejam só como ficou a nossa espiral, depois de as flores e ervas crescerem...




Na Horta do Monte há sempre gente a trabalhar, é muito raro, na cidade, haver pessoas a trabalhar ao ar livre e com tempo para explicar às crianças cada passo das suas tarefas. Aqui, construímos um móvel para armazenar os garrafões de água. Na Horta Armazenamos água em garrafões pois não temos torneiras.



Também armazenamos água em contentores que estão protegidos, do sol e calor, por casas de palha e terra. Vocês sabiam que a água, se for armazenada no escurinho, não se estraga?




Nós construímos um sistema de filtragem de água e rega. Aos 3 anos e meio eu sei exatamente como funciona.








Se não fosse tão complicado ter água, podíamos fazer mais lagos, eu gosto dos lagos. Sabiam que juntam muitos bichinhos?



Na Horta do Monte há Dentes de Leão



E caracóis



E flores de alcachofra



Vocês sabiam que há quem coma todos eles?
 
Eu não gosto de comer caracóis, Dente de Leão e alcachofra mas gosto de outras coisas que crescem na horta... alface, flor de borragem, beterraba, fava, acelga... eu sei que muitas pessoas não sabem que existe a acelga mas, existe e está na Horta do Monte. Venham ver que eu mostro.
 
 

Esta é a flor de calêndula que a minha mãe mistura com azeite para fazer um curativo para as minhas feridas.

 
A Horta do Monte tem muitos degraus. No início eu só andava para cima e para baixo. 


Um dia, aprendi a fazer degraus novos e a reparar os degraus degradados pela chuva. Agora, quando chego à horta e vejo trabalho por fazer, vou buscar as ferramentas à casinha e ponho mãos há obra. Não há mais nenhum sítio na cidade de Lisboa que dê a uma criança este grau de autonomia.



 
 

 


A minha mãe conta que quando eu ainda não era nascido,  tudo o que existia na Horta do Monte foi feito por pessoas que gostam das plantas, da terra, dos bichinhos.... Diz que, antigamente, não existia nada no terreno da horta, para além de terra dura, ervas, cocó de cão, restos de obras e lixo.

As pessoas que gostam da natureza limparam o terreno...

 

Fizeram placas para dizer a toda a gente que ali havia nascido uma Horta Comunitária.


 Cavaram os canteiros...
 
Plantaram árvores que agora já tem flores e até frutos.
 
 
Semearam e plantaram muitas flores, legumes, ervas aromáticas...
 
 
 
 
 
 
 

 
Construíram caixas para a compostagem... muito importante para adubar a terra.

 















Começaram a organizar festas, pic-nics, aulas de yoga, grupos de meditação...
 
 
 
 
 Também construíram um baloiço...

... muitos e muitos baloiços mas os maus destroem-nos sempre.
 Agora, dizem que vão destruir a nossa horta... espero que compreendam que ela nos faz falta, quem sem ela não poderíamos a aprender tanto sobre a natureza, sem ela não podemos explorar e brincar e crescer ao ritmo das estações do ano.

Podemos visitar jardins mas não é a mesma coisa, nos jardins não podemos cavar, semear, plantar e colher flores, ervas, legumes e frutos.

Podemos visitar quintas pedagógicas mas são tão estruturadas que uma criança quase não se consegue sujar. As quintas de verdade são como a nossa horta, com terra, e trabalho para fazer e comida para colher. Sabes que estão quase, quase a chegar os morangos da Horta do Monte? Eu vi.

Podemos visitar hortas direitinhas, bonitinhas em que cada pessoa tem o seu canteiro mas, o que fazemos lá? quem nos deixará semear e saltar e fazer construções dentro dos seus canteiros vedados?

O que eu gostava mesmo, mesmo, mesmo, era de continuar a ter a Horta do Monte, grande, comunitária, um espaço de todos e para todos.

Se eu mandasse, criava bons acessos na Horta do Monte, respeitando todo o trabalho que já lá foi feito. Trazia também água para a Horta e criava um espaço público comum lá em cima, debaixo dos pinheiros, para que as pessoas pudessem ter mesas de pic-nic, caixotes de lixo com recolha, baloiços e um espaço para os cães fazerem as suas necessidades. Assim, todos os visitantes da horta ficavam satisfeitos.

Eu percebo pouco de dinheiro e não sei como se ia pagar a água e o trabalho de construir na horta o que faz falta mas imagino que não seja muito caro e que alguém consiga pagar algumas moedas para isso.

Era isto que eu queria para a nossa horta.

Ajuda-me a manter a Horta do Monte


Pela preservação da Horta do Monte - Projecto Comunitário - Assina a petição!

http://www.peticaopublica.com/?pi=P2013N39744

O modelo de requalificação de hortas urbanas da CML (departamento de espaços verdes) prevê a entrada de máquinas industriais que irão criar grande impacto no terreno, destruir toda a biodiversidade existente, a estrutura do solo, as árvores e os arbustos plantados pela comunidade nos últimos 6 anos.
Todos os elementos criados no espaço no âmbito do projecto existente - a espiral de aromáticas, os sistemas de captação e filtragem de água da chuva e os bancos públicos construídos com técnicas de bioconstrução - também serão destruídos.
Pretendemos uma intervenção de requalificação mais humana e participativa, realizada com o acordo e participação das pessoas envolvidas, respeitando a identidade e características essenciais do projecto existente, das quais destacamos:
- a participação da comunidade
- os sistemas de captação, filtragem e retenção de água da chuva para rega, minimizando a dependência da água de rede
- as zonas de reciclagem de resíduos orgânicos
- a zona de cultivo de participação colectiva aberta ao público
- a plantação de várias linhas de árvores e arbustos ao longo do terreno como método de estruturação, sem a necessidade de construção de grandes muros de betão ou outros métodos de grande impacto.
As obras de intervenção por parte da CML (departamento de espaços verdes), previstas no terreno onde se situa a Horta do Monte são incompatíveis com o projecto e inviabilizam a sua continuidade.

A Horta do Monte é um projecto comunitário que visa promover estilos de vida mais saudáveis e sustentáveis nas cidades, através da prática de cultivo orgânico segundo os princípios da Permacultura, criar e fortalecer laços entre as pessoas das mais diversas faixas etárias, onde a partilha e a transmissão de conhecimentos aconteça.



Gratidão ♥ *•.¸Paz¸.•♥•.¸Amor¸.•♥•.¸Sabedoria¸♥ •.¸Prazer¸.•♥•.¸Alegria¸.•♥•.¸¸ Vida